Cotidiano

Fiocruz e Butantan podem entregar 27 milhões de doses em abril com IFA já importado

São esperados ao menos 27 milhões de doses da CoronaVac e da vacina de Oxford no Brasil em abril, segundo divulgaram os institutos responsáveis pela fabricação, Butantan e Fiocruz respectivamente.

O quantitativa leva em conta o número de doses que podem ser fabricadas pelas entidades com a matéria-prima que já está no país. Isso significa que a entrega dessas doses não depende da chegada de novos lotes do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA), que por vezes tem atrasado a produção e entrega das vacinas contra a Covid-19.

Veja abaixo um panorama com informações da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e do Instituto Butantan:

Reportagem do G1 lembra que a Fiocruz fechou contrato com o Ministério da Saúde para entregar 104,4 milhões de doses no 1º semestre e 110 milhões no 2º semestre. Até o momento foram entregues 5,8 milhões (1,8 milhão de doses envasadas no Brasil e mais 4 milhões importadas prontas). Ainda é possível entregar com o IFA já recebido 25,2 milhões de doses. Para abril a previsão é de entregar ao ministério 18,8 milhões de doses envasadas no Brasil.

Em relação a produção no Butantan, a matéria lembra que o contrato com o governo federal é de 46 milhões de doses até 30 de abril e 54 milhões até agosto. Até agora já foram entregues 32,8 milhões (26,8 milhões envasadas no Brasil e 6 milhões importadas prontas). Com o IFA já recebido é possível fazer 8,2 milhões. No próximo mês o Butantan prevê a entrega de 13,2 milhões de doses. O instituto aguarda a chegada de um novo lote de IFA.

Bahianoticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo