Geral

Excesso de confiança é o principal adversário de ACM Neto nas eleições de 2016

ACM NETO E BRUNO REIS - CONVENCAOEncerrado o prazo para convenções partidárias nesta sexta-feira (5), os principais atores da disputa nas eleições 2016 estão definidos e apresentados. Candidato à reeleição, ACM Neto (DEM) tem o favoritismo de controlar a máquina e pesquisas que o consideram um prefeito bem avaliado.

O gestor é, no entanto, o adversário mais perigoso. Tanto que, nos discursos de aliados, durante a convenção do DEM nesta sexta, o argumento de “não existe eleição ganha” foi repetido inúmeras vezes e, nos corredores, era entoado como um mantra para quem vai bater sola de sapato em troca de votos. E o oponente mais representativo, o governador Rui Costa (PT), também fez menções ao “excesso de confiança” como um potencial provocador de uma derrocada do prefeito na tentativa de permanecer no Palácio Thomé de Souza.

Rui e seu antecessor, Jaques Wagner (PT), usaram discursos semelhantes ao longo da semana para justificar e tentar inspirar a militância para defender as candidaturas da base aliada dele, em especial a de Alice Portugal (PCdoB), que tem como vice a petista Maria Del Carmen. O prefeito, caso opte por olhar para o próprio umbigo, poderá se perder ao longo da corrida eleitoral, mais curta que no passado e com menos dinheiro disponível.

A aposta da oposição ao prefeito é essa – como também é o principal desafio de ACM Neto. Sem dúvidas, a candidatura de Alice é a mais ameaçadora para tentar disputar um segundo turno. Somada a outros nomes, como Pastor Sargento Isidório (PDT) e Cláudio Silva (PP), pode amealhar votos expressivos para forçar uma eleição em duas etapas.

A incógnita dessa eleição será o desempenho do “Doido”, como se autodenomina Isidório, cujo potencial de urna foi medido no pleito de 2014 e deu a ele o posto de segundo deputado estadual mais votado, na casa dos 123 mil votos. Ainda constarão como opção para os eleitores Célia Sacramento (PPL), Fábio Nogueira (PSOL) e Rogério Tadeu Da Luz (PRTB). Estes últimos, todavia, marcam posição e representam a própria existência, mas dificilmente emplacam em número de votos.

Leia mais

Moro manda soltar mulher de marqueteiro de Dilma

‘Não vou mudar, ela prejudicou a minha carreira’, afirma Biel sobre jornalista assediada

Igor Kannário confirma candidatura a vereador de Salvador

Irritado com arbitragem, Galvão Bueno se estranha com Arnaldo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo