Entretenimento

Ex-namorado de George Michael processa família do cantor para receber pensão

O ex-companheiro do cantor George Michael (1963-2016), Kenny Goss, entrou com um processo contra a família do cantor na tentativa de ter uma mesada de R$ 108,5 mil do espólio do astro.

De acordo com o jornal The Sun, o empresário texano de 62 anos, alega que dependia do dinheiro do ex-Wham! para se manter e portanto deve ser sustentado.

George não deixou nenhum dinheiro para o ex-companheiro em seu testamento, mas segundo a publicação, ele pagava uma mesada generosa mensalmente para o rapaz, isso antes da separação do casal em 2009.

A maior parte da fortuna de R$ 705,7 milhões deixada pelo cantor foi para as irmãs dele, Melanie e Yioda, e outras partes foram para o pai Kyriacos, amigos íntimos e ex-funcionários. Nem mesmo o namorado do artista, que estava com ele no momento da morte, recebeu dinheiro da herança.

Goss afirma que George não estava em seu juízo perfeito quando fez o testamento, e alega que desistiu da carreira como marchand de arte, para cuidar de George.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo