NEWS

Ex-ditador argentino é condenado a 50 anos de prisão por sequestro de bebês

O ex-ditador argentino Jorge Rafael Videla foi condenado nesta quinta-feira (5) a 50 anos de prisão pelo sequestro de filhos de militantes de esquerda durante a ditadura argentina (1978-1983). A denúncia foi oferecida à Justiça argentina pela organização Avós das Praças de Maio, que representa a família das vítimas, para responsabilizar o ex-militar pelo sequestro, prisão, ocultação e substituição de identidade de menores de dez anos. O processo começou em 2011. Além de Videla, eram acusadas mais dez pessoas, entre elas ex-ditador Reynaldo Bignone. Oficialmente, 34 bebês foram sequestrados nos sete anos de exceção. Todos eram filhos de presas políticas. (Estadão)


Descubra mais sobre Mídia Bahia

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
situs bokep indonesia