Bahia

Estudante grávida da Apae é assassinada a pedradas em Jequié

 

Érica Brito Guimarães morreu após receber pedradas.

apaeUma estudante de 17 anos, que estava grávida, morreu após receber pedradas, na cidade de Jequié, distante 138 km de Vitória da Conquista, na terça-feira (30). De acordo o titular da delegacia de Jequié, Cristian Mangueira, o suspeito do crime já foi identificado, mas não terá a identidade divulgada para não atrapalhar as investigações.
A vítima foi encontrada morta por populares na região conhecida como Estrada da Torre, por volta das 11h20 de terça-feira. Segundo a polícia, a gestação era prematura e a jovem não sabia que estava grávida no momento do crime. “Segundo a investigação, ela ainda faria o teste, não tinha certeza da gravidez”, afirma o delegado.
Cristiano Mangueira diz que testemunhas e familiares da vítima são ouvidas em depoimentos nesta quarta-feira (31). Ainda segundo o delegado, a jovem tinha deficiência mental e era atendida pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) da cidade. BlogdoRodrigoFerraz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo