Política

Eleito com apoio do PT, Otto diz que vai ‘lutar’ contra medidas adotadas por Dilma

66129Eleito com mais de 3,3 milhões de votos, o senador Otto Alencar (PSD) disse que vai “lutar para que seja revisto o texto das medidas provisórias 664 e 665”, que dizem sobra a alteração das regras do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) e da Previdência Social, aumentando o rigor para a concessão do abono salarial, do seguro-desemprego, do seguro-defeso dos pescadores artesanais, a pensão por morte e o auxílio-doença.
As mudanças entraram em vigor após a publicação, mas precisam ser ratificadas em 120 dias pelo Congresso Nacional ou perdem a validade. “Sempre estive ao lado dos trabalhadores. Tenho total compromisso com essa pauta. Por isto, vou lutar pela revisão das duas medidas provisórias”, adiantou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo