Cidades

Duas pessoas morrem por reação à vacina da febre amarela em São Paulo

Duas pessoas morreram em São Paulo por causa da reação à vacina da febre amarela. A informação foi confirmada pelo secretário municipal de Saúde, Wilson Pollara.

De acordo com o G1, os médicos que atenderam as duas vítimas suspeitaram que elas já estivessem com a imunidade baixa. Uma das vítimas é a professora aposentada Mônica Welkers, de 76 anos, que morava em Ibiúna, na Grande São Paulo.

A sobrinha informou que ela não recebeu nenhuma orientação no posto de que não deveria tomar a vacina. “O que aconteceu é que ela tomou a vacina, no dia seguinte já se sentiu mal com os sintomas da febre amarela, e foi até um hospital municipal da região de Ibiúna”, explicou, em entrevista à Globo News.

A segunda vítima é um homem, cuja identidade não foi revelada. A vacina é recomendada para pessoas de idade entre nove meses e 59 anos. Idosos acima dessa faixa etária precisam passar pelo médico para avaliar o estado do sistema imunológico e se é elevado ou não o risco de serem contaminados pela doença.

BN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo