Esportes

Doriva revela 'chacoalhão' após primeiro tempo e diz: 'Não fomos competentes'

DORIVA - COLETIVAA estreia da Copa do Brasil não foi a que o técnico Doriva esperava. Na noite desta quarta-feira (16), diante do Globo-RN, o Esquadrão ficou em um empate sem gols no estádio Barrettão, em Ceará-Mirim. Em entrevista após a partida, o comandante tricolor elogiou a equipe adversária, falou sobre um ‘chacoalhão’ nos seus atletas depois do fim da primeira etapa e destacou uma possível perda de confiança após a derrota no clássico Ba-Vi do último domingo (13).
“Jogo díficil, tenho que salientar a qualidade e volume do Globo. Bons jogadores, habilidosos, uma equipe bem ajustada em campo, com variações. Realmente no primeiro tempo não conseguimos fazer nosso jogo.
Erramos, não fomos competentes. Dei uma chacoalhada no intervalo e os atletas voltaram para o segundo tempo com chances. Houveram penalidades que poderiam ter sido marcadas. Nosso volume foi melhor. Gostei mais do segundo tempo. Isso é normal, temos jovens. Às vezes perdem a confiança depois de uma derrota. Temos que encorajar eles. Vamos entrar numa fase decisiva e temos que nos superar”, disse, em entrevista à rádio Metrópole FM.
O técnico tricolor explicou a repreensão aos seus jogadores e fez elogios ao atacante Romarinho, que causou perigo ao Esquadrão em alguns momentos do duelo.
“Foi um chacoalhão geral em atletas que estavam dispersos, errando muito. É preciso você dar esse chacoalhão e eles voltaram mais concentrados. O Romarinho é um jogador bom, rápido e insinuante, que causa essa dificuldade. Por conta disso ele criou esse volume de jogo”, analisou.
Apesar do segundo jogo sem vencer depois de um bom início de temporada, Doriva não acredita que isso vá atrapalhar a continuidade tricolor. No próximo domingo (20), o Esquadrão encara o Bahia de Feira pelas quartas de finais do Baianão;
“Não preocupa. Ficamos quatro jogos sem tomar gols, isso é normal, natural, poderíamos ter feito gols mas não fizemos. Menos mal que não tomamos. Não conseguimos eliminar o jogo de volta, mas temos que respeitar o Globo”, completou.
BN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo