Cotidiano

Dólar opera em alta e ultrapassa R$ 4,50 pela 1ª vez

O dólar opera em alta nesta quinta-feira (27) e atingiu pela primeira vez a cotação de R$ 4,50.. Trata-se da sétima sessão consecutiva em que a moeda norte americana sobe — desta vez, em meio aos persistentes temores sobre a expansão do coronavírus e impactos na economia global.

Às 11h41, a moeda dos EUA era negociada a R$ 4,49661, com alta de 1,25%. Na máxima até o momento, chegou a R$ 4,5016. Já o dólar turismo era negociado ao redor de R$ 4,70, sem considerar a cobrança de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). Veja mais cotações.

O Ibovespa opera em queda de mais de 1% nesta quinta, após tombo de 7% na sessão anterior.

Na véspera, o dólar fechou em alta de 1,10%, a R$ 4,4407, renovando recorde de fechamento nominal (sem considerar a inflação), em meio ao avanço da epidemia de coronavírus pelo mundo e com a confirmação do primeiro caso no Brasil. Na máxima da sessão, chegou a R$ 4,4475, até então a maior cotação nominal intradia já registrada no país. No mês, o dólar acumulou alta de 3,63%. Em 2020, já subiu 10,75%.

A forte alta nesta quinta acontece mesmo após o Banco Central realizar neste pregão leilão extraordinário de até 20 mil swaps tradicionais com vencimento em agosto, outubro e dezembro de 2020, conforme anunciado na quarta-feira, no qual vendeu todos os contratos ofertados.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar