Eleições 2016

Dois vereadores de Mutuípe não serão candidatos a reeleição em 2016

Paulo Argolo, plantou uma arvore frutífera nos fundos da câmara para ser lembrado.

paulo argolo - dinoiteA próxima legislatura em Mutuípe continuará com 11 parlamentares na casa, e ao que tudo indica duas cadeiras estarão vagas, uma pertencente atualmente ao vereador Paulo Argolo (PCdoB), que por diversas vezes já afirmou não ser candidato novamente.

A outra cadeira disponível é a de Waldomiro Galdino (PT) (Dinoite), que também tem afirmado dentro do legislativo que não deve concorrer novamente, após diversas tentativas, Galdino conseguiu ser eleito em 2012 e ao longo dos quatro anos se envolveu em diversas polêmica, entre elas, a mais grave, a acusação de estupro de vulnerável, onde passou por um processo de cassação, sendo absolvido na época com os votos de Lek (PRB), Néia (PSD) e Gil (PT).

Paulo não diz exatamente os motivos que lhe fazem deixar a vida pública, mas acredita-se que decepções políticas pesaram em sua decisão.

Ainda podem ficar vagas na câmara mais três cadeiras, caso dois parlamentares sejam indicados a majoritária da oposição, e algum vereador da base governista seja indicado a vice de Carlinhos (PT),  que é pré-candidato a reeleição.

Especula-se que Marcinha (DEM) e Amigo (PSB) podem formar uma chapa, bem como Néia, pode ser indicada a vice do atual gestor, nessa perspectiva, cinco cadeiras podem estar vacante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo