BrasilCidadesGeral

Diplomata britânico diz ter “certeza” que Rússia tentou hackear dados da vacina contra Covid-19

O diplomata britânico Dominic Raab afirmou neste domingo (19) que tem “absoluta certeza” que o Reino Unido foi alvo de ataque cibernético da Rússia, que teve como alvo dados de pesquisas da vacina contra a Covid-19.

Na última quinta-feira, o Reino Unido, os Estados Unidos e o Canadá declararam que foram atacados por um grupo de hackers russos para roubar os resultados de pesquisas relacionadas ao desenvolvimetno de uma vacina contra o novo coronavírus.

“Estamos absolutamente certos de que as agências de inteligência russas se envolveram em um ataque cibernético (…) para sabotar ou tirar proveito da pesquisa e desenvolvimento” de uma vacina, disse Raab à emissora Sky News. As informações são do G1.

Ele lamentou que em um momento que o mundo deveria estar unido para buscar uma solução para conter a pandemia, o governo russo “se envolva nessas atividades”. O chefe da diplomacia britânica assegurou que irá buscar “responsabilizar” o país pela participação no crime virtual.

O embaixador da Rússia, Andrei Kelin, negou a acusação. Segundo ele, é praticamente impossível conectar um ataque cibernético a um país específico. Em entrevista à BBC, ele disse não só não acreditar na versão, mas reforçou que ela não tinha “nenhuma relevância”.

Bnews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo