Geral

Contrato entre prefeitura de Ubaíra e APMIU passa de 5 milhões

Segundo vereador, contrato é licito, mas população reclama da falta de atendimento.

O contrato firmado entre a prefeitura de Ubaíra e o hospital ( APMIU) ultrapassa a cifra de cinco milhões de reais conforme consta em contrato firmado entre a respectiva entidade e a APMIU. Procurado por nossa equipe, o professor Eliomar disse não entender o referido contrato, mas, que tem trabalhado firme, examinando ato a ato praticado pelo poder executivo.

foto reprodução/google

Professor, como se encontra a situação  da saúde pública em Ubaíra?

Eliomar: Houve uma regressão muito grande neste último ano. A população tem reclamado bastante de falta de atendimento, especialmente de serviços especializados, como por exemplo, oftalmologia dentre tantos outros. Temos constante reclamação de falta de medicamentos, temos também um grave problema de transporte para os doentes.

A prefeitura de Ubaíra firmou contrato de mais de 5 milhões com o hospital, mesmo assim não tem o atendimento?

Eliomar: Rapaz, não vou explicar detalhadamente o contrato, pois não avaliei ainda a situação, mas, de fato ele existe. Como todos os contratos, está previsto em lei, está dentro da lei, infelizmente a prefeitura fez uma previsão, o contrato é uma previsão, não significa necessariamente que vai gastar aquele dinheiro todo na vigência do contrato.

É lícito celebrar estes tipos de contratos com valores tão vultosos?

Eliomar: Sim, a lei permite. O contrato existe, mas, o atendimento não. O grande problema é que a lei permite tudo isso e tudo isso está rigorosamente dentro da lei.

Professor Eliomar disse ainda que não tem conhecimento profundo do contrato, mas que tem se esforçado bastante para dar respostas satisfatórias a população de Ubaíra  “hoje vou ficar lhe devendo, não tenho conhecimento profundo deste contrato, mas, quero deixar claro a toda população que tenho trabalhado duro, firme e com total imparcialidade, estou examinando ato a ato, vou trabalhar até o ultimo dia de meu mandato defendo o que acredito” finalizou ele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo