Cotidiano

Contato de Edilson com suspeito é confirmado por 'grampos', diz MPF

EDILSON CAPETINHAO ex-jogador da seleção brasileira Edilson da Silva Ferreira, conhecido como Edilson Capetinha, teve o nome vinculado ao esquema de fraudes no pagamento de prêmios de loterias da Caixa Econômica Federal (CEF), após ter sido flagrado em escutas telefônicas com membros da organização criminosa. As informações são do procurador da República Hélio Telho Corrêa Filho, do Ministério Público Federal em Goiás (MPF-GO). O ex-jogador nega envolvimento no crime.

De acordo com o procurador, por meio da assessoria, o telefone do jogador foi grampeado pela Polícia Federal, após a autorização da Justiça. Por conta do conteúdo das escutas, que ainda não foi revelado, o Ministério Público Federal (MPF) chegou a solicitar a prisão do ex-jogador. O pedido, entretanto, foi negado pela Justiça Federal.

O advogado de Edilson, Thiago Phileto, afirmou ao G1 que a recusa do pedido de prisão é uma evidência de que não há provas de vinculações fraudulentas do ex-jogador com os suspeitos de envolvimento nas fraudes. “Eu não tenho dúvida de que essa situação vai se esclarecer. As provas que a polícia tentou vincular a Edilson são muito fragéis. Justamente por isso, o juiz não determinou a prisão”, afirma.

O advogado ressaltou que a polícia pode, de fato, ter encontrado nas escutas telefônicas algum contato do ex-jogador com um dos presos na operação, de prenome Eduardo. “Ligação telefônica pode ter. [Eduardo] procurou por ele [Edílson] propondo assessoria jurídica e de imagem.

É um caça-artistas”, disse Phileto, ao destacar que o contato foi profissional e não relacionado às fraudes denunciadas.O advogado contou que Edílson não chegou a se apresentar na Polícia Federal na sexta-feira (11), como foi anunciado. A previsão dele é de que o ex-jogador se apresente entre segunda-feira (14) e quarta (16). O carro apreendido também segue com a Polícia Federal. Apesar das denúncias, Phileto disse Edilson está sereno e consciente da inocência. “Ele está mais precavido como nunca, buscando valorizar mais os amigos”, diz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo