Mundo

Candidato a presidência do Equador é assassinado

Fernando Villavicencio, candidato a presidente do Equador foi assassinato com três tiros na cabeça depois de sair de um comício na cidade de Quito nesta quarta-feira (9). O presidente do país, Guillermo Lasso confirmou o homicídio por meio de comunicados nas redes sociais e afirmou que o crime “não ficará impune”.

“Indignado e chocado com o assassinato do candidato presidencial Fernando Villavicencio. Minha solidariedade e condolências à esposa e filhas. Pela sua memória e pela sua luta, garanto-vos que este crime não ficará impune”, afirmou Lasso, em seu perfil na rede social.

O presidente também informou que o Gabinete de Segurança da Presidência da República fará reunião extraordinária.

Artigos relacionados

Villavicencio apareceu em 5º lugar em uma pesquisa publicada pelo “El Universo” na terça-feira. A votação está agendada para o dia 20 de agosto.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios