Bahia

Taxa de leitos de UTI para Covid-19 tem quarto dia em patamar da fase três

Apesar disso, novo momento da retomada só pode acontecer a partir do dia 24 de agosto.

Após o quarto dia do início da fase dois de retomada das atividades em Salvador, a taxa de ocupação de leitos de UTI exclusivos para tratar pacientes infectados com Covid-19 segue no patamar determinado para o momento seguinte de reabertura. O percentual foi de 57% na segunda (10), na terça (11) e na quarta (12). Hoje (13), subiu para 60%. 

Para a cidade ingressar na fase três da retomada, é preciso, além de cinco dias com a taxa de ocupação dos leitos em até 60%, que haja um intervalo de 14 dias entre as fases. Dessa forma, pelo protocolo elaborado conjuntamente pela Prefeitura e governo do Estado, o terceiro momento da reabertura só pode acontecer a partir de 24 de agosto. 

Cautela – Com cautela, o prefeito ACM Neto salientou hoje (13), durante a inauguração das obras do Caminho da Fé, que as equipes técnicas do município têm acompanhado a evolução dos impactos da retomada diariamente. “Vamos ter cautela quando falamos em fase três da retomada. Ainda vamos avaliar os impactos da fase dois no sistema de saúde. Estamos com ampla presença na cidade em termos de fiscalização, de operação, para que os protocolos sejam cumpridos. Ainda temos muito tempo pela frente para analisar o comportamento dos números e taxa de ocupação”. 

Ampliação – Dos 692 leitos de UTI adultos que a cidade dispõe para tratamento do novo coronavírus, 397 estão ocupados hoje. Ainda segundo a SMS, das 27 vagas de UTI pediátrica, 11 estão com pacientes. Desde a montagem do plano de reabertura das atividades, a Prefeitura tem ampliado a oferta, o que deu segurança à retomada de atividades econômicas, culturais e religiosas. Somente em julho, antes da fase um, iniciada no dia 24, foram entregues 99 novos leitos. 

O titular da SMS, Leo Prates, ressaltou que os índices de ocupação de leitos de UTI adulta são animadores e que há uma grande expectativa em relação a essa estabilização. “A taxa vinha há muitos dias abaixo dos 60%. A nossa expectativa é que amanhã (14) ela caia. Vamos permanecer em avaliação durante os 14 dias, como prevê o protocolo, verificando se vai se manter a estabilização da ocupação e, aos poucos, iremos retomando essa nova normalidade da cidade de Salvador”, afirmou. 

Na fase três, vão poder reabrir, mediante protocolos gerais e específicos, parques de diversões e parques temáticos; teatros, cinemas e demais casas de espetáculos; clubes sociais, recreativos e esportivos; centros de eventos e convenções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar