Esportes

Brescia: Balotelli aparece para treinar em clube, mas é barrado na porta

A conflituosa relação entre Mario Balotelli e Brescia viveu mais um capítulo nesta terça-feira. O atacante italiano apareceu normalmente para treinar pela manhã, mas foi impedido de entrar por um funcionário. O clube tenta rescindir o contrato com o jogador.

Segundo relatos do jornal italiano “Gazzetta dello Sport”, Balotelli compareceu ao centro de treinamento cerca de vinte minutos antes do horário de início das atividades do time. Encontrou, porém, o portão fechado e não conseguiu entrar.

Ele conversou por alguns minutos com um funcionário da equipe e, após a confirmação de que não entraria, voltou para casa. “Agora digam que não quero treinar”, teria dito Balotelli aos jornalistas presentes no local enquanto voltava a seu carro.

Balotelli e Brescia vivem uma guerra aberta, com diversas declarações do presidente do clube, Massimo Cellino, criticando o comportamento do atleta e, inclusive, se arrependendo de sua contratação, há menos de um ano, após disputa com o Flamengo.

O estopim da crise foram faltas de Balotelli a treinamentos do time na última semana. Ele até chegou a apresentar um atestado médico que o liberaria dos trabalhos e, segundo a Gazzetta, também teria comunicado que estava recuperado e treinaria nesta terça.

Já o clube alega que recebeu o documento da liberação fora do horário de trabalho e, por isso, não permitiu a entrada de Balotelli no CT. Paralelamente a isso, o Brescia tenta rescindir unilateralmente o contrato do jogador, se apoiando justamente nas faltas.

Um painel, com a participação de pessoas indicadas também pela Federação Italiana de Futebol, agora deve analisar o caso e permitir, ou não, que o Brescia rescinda o contrato de Balotelli por justa causa. O atacante de 29 anos tem cinco gols pelo clube.

Espn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo