Política

Bolsonaro: ‘Não vai ter sacanagem nas eleições’

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira, 8, que militares vão acompanhar todo o processo eleitoral de 2022 e “não vai ter sacanagem” na votação. “Convidaram as Forças Armadas, nós aceitamos e vamos participar de todo o processo eleitoral. Vamos acabar com a suspeição”, disse.

Depois da derrota do voto impresso aditável na Câmara, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, anunciou novas medidas para ampliar a transparência do sistema de votação brasileiro, entre elas está a criação de uma comissão que contará com integrantes das Forças Armadas e acompanhará cada etapa do processo eleitoral.

“O ano que vem tem eleições, vamos renovar, prestigiar quem fez um bom trabalho e renovar. Pode ter certeza que não vai ter sacanagem nas eleições”, afirmou em discurso na 1ª Feira Brasileira do Nióbio.

Nesta semana, após cerimônia de abertura do código-fonte das urnas eletrônicas, Barroso disse: “Tenho a impressão de que, depois que a Câmara votou, que o presidente do Senado disse que não reabriria a matéria e que o próprio presidente da República diz que confia no voto eletrônico, acho que finalmente esse defunto foi enterrado”.

Revista Oeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo