Cotidiano

Bolsonaro indica auxílio até dezembro e negocia valor

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira que está em negociação um meio termo sobre o valor do auxílio emergencial para que o benefício seja prorrogado, possivelmente até o fim do ano. Bolsonaro relatou que os atuais R$ 600 são um valor alto para a União custear, mas considerou também R$ 200 ventilados pelo Ministério da Economia insuficientes.

“ A gente acha que é pouco, mas dá para chegar num meio termo e nós buscarmos que ele venha a ser prorrogado por mais alguns meses, talvez até o final do ano”, disse Bolsonaro em cerimônia de sanção de medidas provisórias para facilitar o acesso ao crédito.

Cada mês do auxílio criado para combater os efeitos da pandemia corresponde a R$ 50 bilhões arcados pelo Tesouro Nacional. O valor refere-se a quantia de R$ 600 paga a 60 milhões de pessoas. Há a possibilidade de a prorrogação do benefício contemplar um público menor.

“Estamos estudando isso, presidente estava hoje nos instruindo exatamente para lançar essa camada de preservação aí para frente. Evidentemente não há recursos para pagar os 600 (reais), mas presidente está dizendo ‘olha, vamos tentar fazer o máximo possível dentro dos recursos que temos para ir esticando isso’”. 

Reuters Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo