BrasilGeral

Bolsonaro chama governadores de ‘tiranos’ e diz que Exército está ao lado da liberdade

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a atacar as medidas de restrição adotadas por governadores para evitar os avanços do novo coronavírus. Ao lado de apoiadores, em comemoração ao seu aniversário de 66 anos neste domingo (21) no Palácio da Alvorada, sem citar os governantes, o militar reformado chamou quem toma medidas de segurança contra a Covid-19 de “tiranos” e invocou o Exército pela “liberdade”.

“Estão esticando a corda. Faço qualquer coisa pelo meu povo e esse qualquer coisa é o que esta na nossa Constituição Federal. Podem confiar na gente, vocês me deram esse voto de confiança. Enquanto eu for presidente só Deus me tira daqui, eu estarei com vocês”, afirmou.

“Alguns tiranetes ou tiranos tolhe a liberdade de muitos de vocês, o nosso exército é o verde oliva, mas também são vocês. Contem com as Forças Armadas pela democracia e pela liberdade”, continuou.

Durante o discurso, o presidente ainda afirmou que a população está pedindo para voltar a trabalhar e alegou que “ninguém quer viver de favor do Estado”.

“O que o povo mais me pede é: eu quero trabalhar. O trabalho dignifica o homem e a mulher, ninguém quer viver de favor do Estado. Vamos vencer a batalha. Estamos do lado certo e do lado do bem, não queremos mergulhar no socialismo, onde povo vai à miséria ao tudo o nada”, completou.

Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo