Geral

Boca Juniors busca novo treinador e tem Felipão e Renato como possíveis alvos para 2020

O Boca Juniors sabe que não poderá contar com Gustavo Alfaro para 2020. O argentino deixou o cargo à disposição para a próxima temporada logo após a eliminação para o River Plate, ainda na semifinal da Conmebol Libertadores. O período máximo de Alfaro no clube será o fim da Superliga Argentina.

De olho em futuros comandantes, o Boca Juniors cogita uma série de nomes, mas não tem um projeto definido e corre atrás de diferentes perfis e ideias para montar uma forte equipe visando a próxima temporada.

Segundo informações do diário Olé, o time argentino cogita até mesmo nomes do futebol brasileiro. Renato Gaúcho, do Grêmio, e Luiz Felipe Scolari, são nomes cogitados pelo presidente Daniel Angelici e podem ser procurados pelo Boca para conversarem sobre um possível projeto.  

Porém, existem dois entraves que podem atrapalhar qualquer procura ou movimento por parte do Boca Juniors. O primeiro problema é o salário. A Argentina vive mais uma de suas graves crises financeiras, o que fez com que o valor do dólar disparasse, algo que inviabilizaria altos salários a estrangeiros. Além disso, o Boca não tem um grande histórico com técnicos que não são argentinos. Apenas Óscar Tabárez deixou um legado e foi bem no Boca.

O time de Gustavo Alfaro lidera a Superliga Argentina com 21 pontos, mesma pontuação do Argentinos Juniors, mas fica em primeiro lugar graças a dois gols acima no saldo final entre os times.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo