Notícias

Banco do Brasil muda prova de concurso público e quer funcionário mais engajado

Há alguns anos um funcionário do Banco do Brasil deu uma resposta inusitada durante uma avaliação, conta o diretor de gestão pessoas do banco, Carlos Netto: “Minha mãe seria uma excelente funcionária do BB”. Com a afirmação, ele deixou implícito que não se adaptara ao estilo da empresa e nem queria mais trabalhar lá. O caso é emblemático para retratar a nova ofensiva do banco na seleção de funcionários. “Queremos que o candidato reflita antes de prestar o concurso: Esse projeto (trabalhar no Banco do Brasil) é meu?”, afirma. De sua parte, o banco finaliza uma reformulação que mudará a cara de seus concursos. A prova adotará o estilo interdisciplinar, incorporando temas como cultura organizacional, técnica de vendas e conhecimentos de informática. As mudanças valerão já a partir da próxima seleção, cujo edital deve sair ainda no 2° semestre. A organizadora da prova ainda não está definida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo