Cotidiano

Após PIX e Open Banking, brasileiro pode receber empréstimos no fim de semana ou feriado

Serviço, oferecido pela SuperSim, permite que dinheiro caia quase imediatamente na conta do cliente

A partir de agora, a pessoa que quiser tomar um empréstimo durante o fim de semana, aproveitando as horas de folga para realizar cadastro e preencher questionários, poderá ter o valor do crédito imediatamente em sua conta bancária, não precisando esperar até o próximo dia útil. Esta facilidade, até então inédita no Brasil, passa a ser oferecida pela SuperSim, fintech de microcrédito focada nas classes C e D, a partir do mês de setembro.

A implantação do novo serviço é mais uma das facilidades que as transações via PIX trouxeram. Implantada em novembro de 2020, a modalidade de transferência caiu no gosto dos brasileiros pela simplicidade e pela rapidez, permitindo que as empresas desenvolvessem novas facilidades para os clientes a partir dela. Outra contribuição veio por meio do Open Banking, que facilitou o processo de análise de crédito, com as informações compartilhadas entre instituições financeiras.

A opção de oferecer o crédito em tempo real nos fins de semana tem origem na grande demanda de mercado. Segundo ele, dias como sábado, domingo ou feriados representam um volume de pedidos superior a um terço de um dia útil. Durante uma semana normal, este volume representa entre 10% e 15% do total de solicitações de empréstimos. Somente no mês de julho de 2021, a SuperSim recebeu mais de 520 mil solicitações de empréstimo.

“A possibilidade de ter o crédito disponibilizado de forma imediata faz uma grande diferença para o nosso cliente, que muitas vezes precisa desse dinheiro para uma emergência”, explica o CEO da SuperSim, Antônio Brito. Ele lembra que a renda média do tomador gira em torno de R﹩1,6 mil e que o tíquete médio dos empréstimos circula a média de R﹩ 600, embora os valores possam variar entre R﹩250 e R﹩2,5 mil.

A SuperSim já havia inovado em 2020 quando permitiu o crédito em tempo real em dias úteis. Ao fazer o pedido, o cliente pode ser aprovado imediatamente e receber a quantia em menos de meia hora, período muito menor do que a média do mercado.

“Desde o início, nós também investimos bastante em inteligência artificial para a análise de crédito. Assim, conseguimos aprovar clientes que receberam ‘não’ como resposta de várias outras instituições financeiras”, completa Brito. Para aumentar este número de aprovações, inclusive, a empresa lançou modalidades novas, como aquela em que o cliente pode usar seu aparelho de celular como garantia do empréstimo.

“Quando iniciamos nossa operação, identificamos no mercado de crédito brasileiro dois gargalos: a dificuldade de se aprovar os solicitantes e o tempo em que esta análise ocorria até o desembolso do valor. Felizmente, estamos conseguindo vencer estas duas barreiras e gerar inclusão financeira por meio do microcrédito”, afirma o chairman da SuperSim, Daniel Shteyn.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo