Política

Jaques Wagner admite que mensalão pesa e teme por eleições de 2014

O petista Jaques Wagner (foto abaixo), governador da Bahia, não tem medo de contrariar as palavras de ordem do PT. Ao fazer um balanço das eleições deste ano, mesmo exaltando o crescimento do número de prefeituras, reconhece o peso do mensalão na disputa e não descarta que o PT pode perder as eleições presidenciais nos próximos anos “por cansaço do eleitor”. Ele diz, no entanto, que é difícil apontar o escândalo do mensalão como o responsável direto por algum resultado eleitoral. “Tudo conta, mas é muito difícil ter uma medida. O povo sabe que há anjos e demônios em todos os partidos e que nenhum deles tem a tutela da moralidade absoluta. Se você me perguntar se o mensalão pesou, é óbvio que pesou. Mas quanto pesou, se isso foi absolutamente definidor do resultado, não sei. Toda vez que alguém tentar fazer um dogma, de que com alguma coisa o cara se acabou, pode estar certo que está furado”, afirmou.

O globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo