TRE retira anotação de suspensão do PSL na Bahia

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) sustou a suspensão de repasses do Fundo Partidário para o PSL na Bahia. O partido estava sem poder receber recursos porque as contas referentes a 2017, quando a sigla era presidida por outro grupo no estado, não haviam sido prestadas. A decisão foi proferida nessa terça-feira (23) pelo … Leia Mais



Wagner se irrita ao ser convocado por governo Bolsonaro via Diário Oficial

O ex-governador Jaques Wagner ficou irritado ao ser convocado pelo Ministério do Turismo via Diário Oficial. Segundo a coluna Radar, da revista Veja, o petista ficou irritado ao ser apontado como “responsável não localizado”. Por meio de sua assessoria, o senador informou que “seu endereço é conhecido, ele ocupa funções públicas em locais divulgados e … Leia Mais



Homem corta o próprio dedo ao votar em candidato errado


Um homem chamado Pawan Kumar decepou o próprio dedo após se confundir e votar errado no segundo turno das eleições da Índia.

O eleitor queria votar no Partido Bahujan Samaj, de centro-esquerda. Mas ao invés de apertar no botão do elefante, que simboliza a sigla, acabou pressionando o seu dedo na imagem que representa o Partido Bharatiya Janata, ligado ao conservadorismo.

“Eu acidentalmente apertei o botão com o símbolo de lótus em vez de um elefante. Eu cortei meu dedo pelo erro”, disse em entrevista à agência ANI. Ele foi levado a um hospital e liberado após algumas horas.

As eleições da Índia são as maiores do mundo, já que 900 milhões de pessoas são aptas votar nos candidatos que preferirem. O resultado das eleições, que são divididas em sete etapas, só deve ser descoberto no dia 23 de maio.

Bahia.ba


Toffoli revoga liminar de Fux e permite entrevistas de Lula na cadeia


O presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, decidiu revogar, na tarde desta quinta-feira, a liminar do Ministro Luiz Fux que impedia entrevistas do ex-presidente Lula da cadeia. Lula cumpre pena de 12 anos e 1 mês de prisão por ter sido condenado pelos crimes de corrupção passiva de lavagem de dinheiro.

Lula havia sido impedido de dar entrevistas em uma liminar concedida por Fux para o partido NOVO durante as eleições de 2018. A jornalista Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo, queria entrevistas o petista corrupto na cadeia, mas o STF impediu.

A Folha de São Paulo ainda não informou se ainda realizará a entrevista e quando. MBL


Contas do PT de Salvador são reprovadas pelo TRE-BA


O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) desaprovou as contas do diretório municipal do Partido dos Trabalhadores (PT) de Salvador, referentes aos exercícios de 2015 e 2016. A decisão saiu no Diário Oficial desta quarta-feira (17).

Na decisão da prestação de 2015, a juíza Patrícia Didier de Morais Pereira, determinou a suspensão automaticamente, com perda, as novas cotas do Fundo Partidário, bem como determinou a devolução integral de todos os recursos provenientes do fundo “que por ventura lhe tenham sido entregues, distribuídos ou repassados no exercício 2016”.

O presidente que respondia pelo diretório na ocasião era Paulo Teixeira.

No que diz respeito à prestação de 2016, a mesma magistrada também determinou, após o trânsito em julgado, a suspensão da distribuição ou repasse dos recursos provenientes do Fundo Partidário, porém pelo prazo de seis meses, nos termos do art. 48, § 2º da Resolução TSE n.º 23.432/2014.

O atual presidente do diretório, Gilmar Santiago afirmou que ainda cabe recurso e o jurídico do partido já prepara os documentos para apresentar ao órgão no prazo de três dias úteis. “Na próxima segunda-feira já entramos com o recurso e tenho certeza que vamos conseguir regularizar a situação”.

Bnews


Medidas repercutem mal e caminhoneiros já marcam nova greve


Caminhoneiros não ficaram satisfeitos com o pacote de medidas anunciadas nesta terça-feira, 16, pelo governo Bolsonaro para ajudar a categoria e já se articulam para fazer uma nova paralisação. Segundo o caminhoneiro Wanderlei Alves, conhecido como Dedéco, que foi considerado um dos líderes da greve de 2018, a paralisação já está marcada para o dia 21 de maio –quando fará um ano da greve do ano passado.

“Estamos trabalhando nos bastidores e vamos parar o Brasil no dia 21 de maio, se não parar antes. Nós exigimos respeito, dignidade, não só do governo como do Brasil. Ninguém valoriza essa classe, que só tem tomado na cabeça desde o governo Dilma”, disse o Dedéco.

Porém, segundo o caminhoneiro, caso o diesel aumente, os autônomos da categoria falam em cruzar os braços de quatro a cinco dias após a medida.

 

Dedéco disse que enviou um áudio com essas informações para o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, após o pacote de medidas anunciado pelo governo federal nesta terça-feira, onde critica o plano. “Nada do que anunciaram nos ajuda. É um avanço conseguir dinheiro a baixo custo no BNDES? É. Mas hoje mais da metade dos caminhoneiros está com o nome no Serasa, porque não consegue pagar o caminhão.”

O caminhoneiro alertou o ministro a já criar um gabinete de crise. “O senhor pode montar o gabinete de crise aí no Palácio do Planalto, porque a paralisação vai acontecer no dia 21, data marcada pelo nosso grupo. Foi o nosso grupo que começou a paralisação no ano passado. Nós não temos mais condição de sobreviver. Nós podemos até parar antes, principalmente quando vier o aumento da Petrobras”, afirmou o Dedéco.

Em alguns grupos de WhatsApp, que já articulavam a greve, o plano foi visto como uma “cortina de fumaça”, forma de protelar uma possível paralisação.

Veja


Eleições 2020 podem ser canceladas, PEC propõe atuais prefeitos e vereadores até 2022


Os atuais prefeitos e vereadores de todo o Brasil podem não disputar eleições em 2020, caso uma proposta do deputado Rogério Peninha Mendonça (MDB/SC), seja aprovada.

O parlamentar propõe uma PEC – Proposta de Emenda a Constituição prorrogando os mandatos e unificados a eleições a partir de 2022.

Na semana anterior, na Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, os prefeitos vibraram com a possibilidade.

A expectativa dos deputados é que com a unificação os gastos da Justiça Eleitoral sejam reduzidos.