Moradores de Engenheiro Pontes em Laje, são mortos em Salvador

Dois moradores de Engenheiro Pontes, identificado como Batata e Biu foram executados na madrugada deste sábado para domingo em Salvador. Eles tinham várias passagens pela polícia e sempre que estavam envolvidos em um crime, homiziavam-se em Salvador, onde ficavam por determinado tempo. As informações são da Criativa On Line.


Casal é flagrado com sete quilos de pasta base de cocaína na Suburbana

Maristela Amorim, de 59 anos, e Danilo de Jesus Santos, 32, foram flagrados com sete quilos de pasta base de cocaína, na manhã desta quinta-feira (7), por equipes da 11ª Delegacia Territorial (DT) de Tancredo Neves, em ação conjunta com policiais federais.   Segundo o titular da 11ª DT, delegado Thiago Martins, os traficantes estavam … Leia Mais


Homem filma morte de jovem que assassinou pessoa errada em Serrinha

Um jovem identificado pelo prenome de Mateus, 17 anos, foi morto a tiros dentro de uma casa no município de Serrinha, a 184 km de Salvador, na manhã desta quinta-feira (31/1). O crime foi filmado.   De acordo com o delegado, Mozart de Oliveira, Mateus teria cometido um homicídio a mando de traficantes da região, porém a … Leia Mais



Polícia apreende 10 kg de maconha em ponto de tráfico

Dez quilos de maconha, uma pedra grande de cocaína e mais 30 porções da mesma droga, já embaladas para venda, foram apreendidas por equipes da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), de Juazeiro, na casa de uma mulher, no bairro Argemiro, naquela cidade. A polícia vinha investigando a movimentação na casa de Ianca Sângela Valêncio, … Leia Mais


Após tentativa de estupro, padrasto esfaqueia e mata enteados em Recife

Acusado chegou em casa alcoolizado e acabou esfaqueados os enteados, após tentar estuprá-los.


Foto: Reprodução/Arquivo pessoal

Um caso bárbaro chegou a população de Recife nesta quinta-feira (3), um homem identificado por Robson José dos Prazeres, 28 anos, chegou em casa alcoolizado por volta de 5h da manhã e tentou estuprar os enteados: um menino de 11 anos e uma adolescente de 13.

 

Segundo informações da Polícia Civil, o menino tentou impedir o estupro da garota, com a resistência os dois acabaram esfaqueados, os dois menores chegaram a sair da casa, mas não resistiram aos ferimentos.

A mãe, identificada por Géssica Nascimento, informou a polícia que a irmã das vítimas, outra criança de apenas 9 anos, presenciou o crime e contou onde estava no momento do crime: “Eu estava na casa do meu tio, que é cadeirante, e não pode ficar sozinho. Quando eu estava quase indo embora, minha sogra me ligou e disse que o filho dela [Robson] tinha matado os meus dois filhos. Na hora, eu não entendi e pedi para ela repetir. Essa foi a última palavra que eu ouvi”. Disse ela ao G1.

Por muito pouco Robson não foi linchado pela população local, que ainda chegou a agredi-lo, mas com a chegada da polícia acabou detido.

Na delegacia a policia constatou passagem por assalto e uma medida protetiva, solicitada por Géssica a justiça devido as agressões sofridas.

Robson Prazeres será autuado em flagrante por tentativa de estupro e duplo homicídio e nesta sexta-feira (4), deve passar por audiência de custódia.


Vídeo mostra PMs matando adolescente na rodovia Castello Branco, em Osasco

Policiais contaram na delegacia que jovem resistiu a abordagem.


Reprodução YouTube

O G1/TV Globo conseguiu as imagens feitas pela concessionaria que administra a rodovia Castello Branco, em Osasco, e que a Polícia Civil de São Paulo teve acesso que mostra o momento em que um policial militar mata um adolescente alegando injusta agressão.

Quando registraram o caso na delegacia, os policiais contatam que ao fazer rondas na rodovia, avistaram três jovens em atitude suspeita e procederam com a ordem de abordagem, momento em que um deles teria corrido para o canteiro central virando-se para os PMs, nesses momento a agressão teria sido revidada causando a morte do rapaz, após o registro o delegado solicitou as imagens da monitoramento da rodovia e descobriu que os policiais faltaram com a verdade. Veja a seguir as imagens.


Após discussão por causa de som alto, jovem é morto com tiro na cabeça em Bom Despacho


Mais um jovem foi assassinado na Ilha de Itaparica na madrugada desta terça-feira (1), por volta das 4h.

 

A polícia informou que a vítima recebeu os disparos de arma de fogo na localidade do Bom Despacho, onde o rapaz que não teve a identidade divulgada, chegou a ser socorrida para o Hospital Geral de Itaparica (HGI), mas não resistiu aos ferimentos.

 

O corpo do homem foi removido para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Santo Antônio de Jesus.

 

Ainda conforme a polícia, a motivação do homicídio teria sido uma discussão  por causa de som alto.

 

O crime segue em investigação. Vale lembrar que no último domingo (29), um rapaz foi morto na praça de Barra Grande. Voz da Bahia.


Suspeito é preso por tráfico de drogas em Nazaré das Farinhas


No último sábado (22), por volta das 21h30 após uma ronda na Rua Volta do Tanque no bairro Mulungus em Nazaré, a guarnição de Polícia Militar avistou uma motocicleta modelo Honda CG 150 Fan, vermelha, placa NZW 7026 com dois homens. Durante a abordagem foi encontrado com a dupla uma certa quantidade de drogas e dinheiro.

 

Os dois suspeitos foram apresentados na delegacia de Santo Antônio de Jesus, e podem ser enquadrados por tráfico de drogas.


Polícia tenta descobrir que está pagando defesa de Adélio Bispo, o agressor de Bolsonaro

Polícia Federal cumpriu mandado no escritório de advogado do agressor de Adélio.


A Polícia Federal de Minas Gerais cumpre na manhã desta sexta-feira (21) mandado de busca e apreensão no escritório de Zanone Manuel de Oliveira Júnior, um dos advogados de Adelio Bispo de Oliveira, que é o autor da facada contra Jair Bolsonaro (PSL), no dia 6 de setembro em Juiz de Fora (MG).

 

Segundo o delegado responsável pelas investigações, Rodrigo Morais Fernandes, o objetivo da operação é apreender e periciar documentos, celulares e computadores para descobrir quem paga a defesa de Adelio. O delegado disse à reportagem que a polícia trabalha com a hipótese de que o advogado poderia estar sendo financiado por uma organização criminosa ligada ao tráfico de drogas ou por um grupo político.

 

A operação faz parte das coletas de prova do inquérito 503, que investiga as circunstâncias em torno do atentado, focando na possibilidade de Adelio ter cometido o crime a mando de terceiros. Em outro inquérito, já foi concluído, a PF afirma que, no dia do crime, Adelio agiu sozinho.

 

Zanone Manuel de Oliveira Júnior é conhecido por ter atuado em casos famosos como o da morte de Eliza Samudio, ex-namorada do goleiro Bruno, e da morte da missionária Dorothy Stang.

 

Em setembro, Zanone disse que estava sendo pago por uma pessoa que lhe pediu que sua identidade fosse preservada.​ Em depoimento após a prisão em flagrante, Adelio disse que atacou Bolsonaro por divergências políticas. O agressor é réu em uma ação pelo crime de “atentado pessoal por inconformismo político”, descrito no artigo 20 da Lei de Segurança Nacional. Ele está preso preventivamente na Penitenciária Federal de Campo Grande (MS).

 

A reportagem tentou entrar em contato com o advogado Zanone Manuel de Oliveira Júnior, mas até a publicação deste texto não obteve resposta. (Varela)