Política

Wagner diz que declaração de Valério é ‘um absurdo’ e ‘não tem nenhuma credibilidade’

O governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), saiu em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta terça-feira (11), pouco depois da repercussão das declarações feitas por Marcos Valério à Procuradoria Geral da República. Em depoimento no último dia 24 de setembro, o publicitário disse que o esquema do mensalão custeou despesas pessoais de Lula e que o dinheiro teria sido depositado na conta da empresa do ex-assessor presidencial Freud Godoy. Segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, ele relatou que o líder petista deu aval para os empréstimos que serviriam de pagamentos a deputados da base aliada. Wagner considerou a denúncia “um absurdo”. “Primeiro, ela não tem nenhuma credibilidade. Segundo, o tamanho de Lula é infinitamente maior do que esses episódios que vieram a baile. E terceiro, porque nesse momento em que o Brasil é admirado, é um desserviço tentar atacar a imagem de um brasileiro tão importante como Luiz Inácio Lula da Silva”, analisou o governador. “Eu acho um absurdo que o Marcos Valério agora tente jogar uma nuvem de poeira, inclusive, sobre uma pessoa que marca a sua passagem pela vida pública e política brasileira, desde sindicalista, como uma pessoa absolutamente necessária e responsável pela grande transformação que o Brasil vem passando nos últimos dez anos”, considerou o chefe do Executivo baiano. Também nesta terça, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e relator do processo do mensalão, Joaquim Barbosa, afirmou que as denúncias do já condenado no caso devem ser apuradas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo