GeralNotícias

Wagner defende ação da PM na FTC: ‘Vai virar uma bagunça isso aqui?’

 

BORGES & WAGNERO governador Jaques Wagner afirmou que a ação da Polícia Militar contra o protesto de estudantes e professores de Medicina da FTC foi necessária, em razão dos transtornos no trânsito na Avenida Paralela. “Eu não vou defender nunca a violência, mas eu considero uma violência que as pessoas se julguem no direito, por mais legítima que seja a reivindicação, de achar que podem parar a cidade por conta da sua reivindicação. Não dá, vai virar uma bagunça isso aqui?”, disse, em entrevista ao A Tarde. Segundo o governador, desde 8h daquele dia houve tentativa de negociação com o grupo, que não teria concordado em desobstruir a avenida. “O que nós queremos passar, inclusive dizemos isso às nossas polícias, é que o direito democrático de protesto existe e tem que ser exercido, até porque é o cerne da democracia, mas contanto que seja feito sem causar transtornos à cidade”, avaliou Wagner. O gestor revelou que há cerca de um mês houve uma orientação para que a PM tenha uma ação eficiente para liberar avenidas em casos do tipo. O secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, também defendeu o “uso progressivo” da força conforme a necessidade. Alguns manifestantes ficaram feridos na ação da PM, que chegou a usar bombas de efeito moral e balas de borracha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo