GeralSlide

Volta de Lula é alimentada por baixa popularidade de Dilma, diz jornal britânico

LULA E DILMAO jornal britânico Financial Times publicou uma reportagem, nesta segunda-feira (22), sobre uma eventual volta às eleições do ano que vem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Segundo a publicação, os protestos populares, a queda da aprovação da presidente Dilma Rousseff (PT) diante da elevada popularidade do petista e a mais recente pesquisa eleitoral publicada pelo jornal O Estado de S.Paulo “alimentam especulações” de que o ex-mandatário brasileiro poderia disputar o pleito presidencial em 2014. Dilma, porém, continua como a primeira opção do partido, diz o Financial Times. A reportagem nota que a reação da líder nacional aos protestos populares das últimas semanas revelou a diferença de comportamento entre os dois líderes petistas. “O carisma do ex-presidente, que não completou a escola primária e facilmente chega a todos os níveis da sociedade brasileira e internacional, das favelas à Casa Branca, fica em contraste com a senhora Rousseff”, diz o texto. Para o jornal britânico, Dilma é “uma tecnocrata taciturna criticada por políticas econômicas intervencionistas” e que parece mais inclinada a “minúcias de projetos de infraestrutura do que a tomar a tribuna para fazer política”. “Isso, combinado com a popularidade do senhor Lula da Silva, tem alimentado especulações de que o ex-metalúrgico, que liderou o Brasil entre 2003 e 2010, poderia fazer um retorno nas eleições presidenciais do próximo ano”, anotou a publicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo