Esportes

Vitória derrota o Ceará e está mais perto da primeira divisão

VITORIA X CEARA - 2015O Vitória precisa apenas de um empate para retornar a elite do futebol nacional. Atuando em um animado Barradão neste sábado (14), o Leão da Barra derrotou o Ceará por 1 a 0 e chegou aos 63 pontos, faltando apenas um para não ser alcançado pelo Bragantino, primeira equipe fora do G-4 do Campeonato Brasileiro da Série B 2015. Já o atual campeão do nordeste se mantém com 41 pontos e tem que torcer por um tropeço do Macaé no complemento da 36ª rodada.
O Rubro-Negro já levou pressão desde os primeiros minutos da partida. Aos 2, o goleiro Éverson teve trabalho para tirar a bola da pequena área alvinegra. Em resposta, o Vozão também levou perigo com Rafael Costa, que errou na conclusão ao gol rubro-negro.
Com melhor domínio de bola, os donos da casa seguiam com a marcação avançada e não deixavam o Ceará trabalhar no meio-campo. Entretanto, com aberturas pelas laterais os visitantes conseguiam furar a muralha rival para assustar a meta rubro-negra.
Mesmo com um confronto equilibrado, o Vitória conseguia ter mais efetividade na parte ofensiva e não demorou para abrir o placar. Aos 19, Pedro Ken chutou colocado para boa defesa do goleiro rival. Na cobrança de escanteio, Kanu cabeceou com força para fazer a alegria dos torcedores presentes no Estádio Manoel Barradas.
Precisando de um resultado positivo, o Ceará abriu o jogo e passou a dar espaços para o contra-ataque dos baianos. Dessa maneira, aos 26, Amaral cruzou para Elton acertar de cabeça e forçar uma defesa difícil de Éverson. Como resposta, Rafael Costa também cabeceou para longe da meta de­ Gatito Fernández.
Pelas laterais, o Ceará tentava insistentemente chegar ao empate com cruzamentos na área rubro-negra, mas não conseguia efetuar a conclusão das jogadas. Com mais calma e esperando o adversário, o Vitória fazia uso dos contra-ataques e somente era impedido pela posição irregular dos jogadores na hora da conclusão.
Sem muitos lances de perigo, o Vitória quase chegou ao segundo aos 37, quando Elton chutou rente a meta alvinegra. Aos 40, o Ceará teve uma boa chance de empate com Rafael Costa e Victor Luís, onde o lateral ficou sozinho com o arqueiro e chutou para interceptação de Gatito.
Ao final do primeiro tempo, Victor Luís mais uma vez encontra Rafael Costa e cruza para que o seu companheiro coloque mais uma vez a bola para fora do gramado.
No retorno ao gramado, o Vitória voltou a campo disposto a ampliar a sua vantagem e logo no primeiro minuto criou um bom lance de ataque com Escudero, que chutou para grande defesa de Éverson. Em resposta, Ricardinho cobrou falta mas viu a defesa rubro-negra cortar no momento certo.
Tocando mais a bola, o Ceará conseguia trabalhar os passes e crescia na partida. Aos 8, Ricardinho tocou para Rafael Costa e o atacante chutou de fora da área para grande defesa de Gatito Fernández.
Ao longo do segundo tempo, o jogo voltou a ficar movimentado no meio-campo, o que diminuía os lances ofensivos para os dois lados.
Com um jogo morno por grande parte da segunda etapa, o Vozão teve uma das melhores chances do jogo com Júlio César, que aos 29 entrou na pequena área, driblou o marcador e chutou para defesa do arqueiro rubro-negro.
A resposta do Leão veio logo em seguida, aos 31, Vander partindo em velocidade e cruzando para cabeceio de Elton. A bola bate na mão de Ricardinho, o que dá a cobrança de penalidade para o Vitória e expulsão ao atleta cearense. Escudero cobra mal e Éverson impede o segundo tento dos donos da casa.
Apesar da cobrança perdida, a torcida seguiu empurrando o time nos minutos finais do confronto e vibrou com o triunfo magro que colocou o time a um empate da Série A de 2016. Agora, o Vitória volta a jogar para a sua torcida no próximo sábado (21), contra o Luverdense. Já o Ceará enfrenta o América Mineiro no Estádio Independência, em Belo Horizonte.
FICHA TÉCNICA
Vitória x Ceará
Série B – 36ª rodada
Local: Barradão, em Salvador
Data: 14/11/2015
Horário: 16h30 (horário de Salvador)
Gol:Kanu
Cartão Amarelo:Kanu, Baraka, Guilherme Mattis
Cartão Vermelho:Ricardinho
Árbitro: Anderson Daronco (RS-Fifa)
Assistentes: José Javel Silveira (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Júnior (RS).
Vitória: Júnior Gatito; Euller (Jorge Wagner), Kanu, Guilherme Mattis e Diego Renan; Amaral, Marcelo (Luiz Gustavo), Pedro Ken (Flávio) e Escudero; Vander e Elton. Técnico: Vagner Mancini.
Ceará: Éverson; Cametá, Charles, Sandro, Victor Luís; João Marcos (Júlio César), Baraka, Ricardinho, Wescley; Rafael Costa e Alex Amado (Siloé). Técnico: Lisca.

Edimário Duplat/BN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo