Cidades

Vidal continua na seleção chilena, mas sofre sanções da Justiça local

ARTURO VIDALApós o acidente de carro envolvendo Arturo Vidal na última madrugada, a Justiça chilena determinou medidas cautelares sobre o jogador. O meio-campista, estrela da seleção do Chile e da Juventus, perdeu a carteira de motorista e a sua situação será investigada no prazo de 120 dias.

Vidal também terá que se apresentar mensalmente no consulado do país na Itália (em Milão). Apesar de toda a polêmica, o volante seguirá no grupo do Chile nesta Copa América. Nesta quarta-feira, o técnico Jorge Sampaoli conversou com a federação local e a decisão foi por uma punição interna. “Para nós, Arturo é um jogador muito valioso, e isso que ocorreu não é para exclui-lo.

O fato não tem tanta magnitude. Um jogador que nos deu tanto. Precisamos inclui-lo. Ele é muito querido pelo elenco. Primeiro estavam preocupados com sua condição”, disse o treinador em entrevista coletiva. “Estamos lutando para que este grupo só se fortaleça na Copa. Nos falta corrigir um monte de aspectos.

Não pedimos opinião aos jogadores sobre decisões, e eles nos disseram nada. Explicamos a eles o que determinamos (…) Arturo não ficou porque nos garante ganhar a Copa. Ele fica porque tenho uma visão do caso, que é inclui-lo”.

O treinador argentino também afirmou que não pretende terminar com as folgas para os jogadores, apesar da recente polêmica: “Nos parece ilógico mantê-los presos tanto tempo em Juan Pinto Durán”, disse, referindo-se ao CT da seleção. !Na Europa muitas vezes nem concentram”, finalizou.(Correio da Bahia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo