Cidades

Vestibular para transgêneros e intersexuais é anulado após intervenção do MEC, afirma Bolsonaro

Universidade da Integração da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) lançou um edital de vestibular específico para candidatos transgêneros e intersexuais. No entanto, nesta terça-feira (16), o presidente Jair Bolsonaro (PSL) anunciou, em sua conta no Twitter, que após Ministério da Educação (MEC) intervir, a reitoria suspendeu e anulou o edital.  

“A Universidade da Integração da Lusofonia Afro-Brasileira (Federal) lançou vestibular para candidatos TRANSEXUAL (sic), TRAVESTIS, INTERSEXUAIS e pessoas NÃO BINÁRIOS. Com intervenção do MEC, a reitoria se posicionou pela suspensão imediata do edital e sua anulação a posteriori”, escreveu o presidente. 

Segundo publicação do Globo, na semana passada o Mec teria informado que as instituições de ensino superior estabelecem os próprios mecanismos de acesso. Contudo, após o anúncio de Bolsonaro, o ministério ainda não se posicionou com o portal. 

Bnews

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar