Cidades

Vereador ameaça Pabllo Vittar se artista aparecer em cidade: ‘Vou lá prender’

Um vereador do município de Ponta Grossa, no Paraná, ameaçou a drag queen Pabllo Vittar durante discurso na tribuna da Câmara. Também pastor evangélico, Ezequiel Bueno criticou uma “turnê” de Pabllo com o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) para falar sobre diversidade sexual nas escolas. A informação, no entanto, é falsa, de acordo com o Estado de Minas. “Queria lamentar por trazer essa pessoa em Ponta Grossa, uma cidade família.

Brigamos no plano de educação para tirar a ideologia de gênero das escolas; numa cidade a qual somos conservadores, pais, mães trabalhadores. Quem quiser ir assistir, se não for com meu dinheiro, pode ir. Mas só lá também, porque se inventar de sair pra rua em escolas, vou lá prender. Nem que depois eu seja preso por abuso de autoridade”, disse o vereador.

O gancho para a ameaça foi a participação de Pabllo em um festival de Ponta Grossa  chamado Munchen Fest, em dezembro. Por causa disso, Bueno disse que faria requerimentos à prefeitura para excluir a artista do evento.

O discurso foi feito na última segunda-feira (16). Revoltados com o posicionamento do vereador, internautas têm postado fotos de Pabllo na página do edil no Facebook.

BN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo