Esportes

Vasco: Justiça concede liminar, anula urna 7 e Brant passa Eurico

Uma liminar concedida nesta quinta-feira (16) pela juíza Maria Cecília Pinto Gonçalves anulou os votos da urna 7 da eleição presidencial do Clube de Regatas Vasco da Gama.

A ação, assinada pela chapa de oposição “Sempre Vasco Livre”, suspendeu ao todo 475 votos, todos sob suspeitas. Desta forma, Julio Brant passa Eurico Miranda, atual mandatário cruz-maltino: 1.933 votos contra 1.683 votos.

Segundo o Globoesporte.com, o Vasco precisa lavrar nova ata da eleição, além de publicá-la, num prazo de 72 horas. Brant, no entanto, só pode iniciar o mandato após decisão final do imbróglio com a urna anulada. Eurico, por sua vez, ainda pode recorrer.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo