Geral

“Vamos precisar de 16 meses para vacinar toda a população contra a Covid-19”, diz Fábio Villas-Boas

Com a apresentação do plano nacional de vacinação contra a Covid-19 e o anúncio de uma possível data para o início da aplicação das doses em toda a população, prevista pelo governo federal para acontecer em fevereiro de 2021, cria-se a sensação que estamos próximos da imunização coletiva contra o vírus, mas, na avaliação do secretário de Saúde do Estado da Bahia, Fábio Villas-Boas, é preciso pelo menos 16 meses para que as doses cheguem a todos os brasileiros. Para os grupos prioritários, serão necessários ao menos quatro meses. A previsão também vale para a Bahia, que tem a intenção de acompanhar o Plano Nacional de Imunização.

“Mesmo que a gente comece a vacinar em fevereiro, vamos precisar de 16 meses para vacinar toda a população contra a Covid-19 e quatro meses para vacinar os grupos prioritários. Será um mês vacinando apenas profissionais de saúde, pessoas com mais de 70 anos e grupos muito restritos, para depois passar para pessoas com mais de 60, para outros grupos. A população em geral, mais jovem, essa que está indo para às ruas sem máscaras e destemidos, não serão vacinados antes do segundo semestre do ano que vem. Quero fazer um alerta para aqueles que têm abaixo de 60 anos, sem nenhuma doença, que não há a perspectiva de receber a vacina abaixo deste prazo. Vamos precisar manter as regras que conhecemos até junho do ano que vem”, disse o secretário durante entrevista à TV Bahia, na manhã desta quinta-feira (17).

Villas-Boas informou que o governo do estado vai distribuir a vacina russa Sputinik V como uma forma de completar a quantidade que será enviada pelo o governo federal. Nesta quarta-feira (16), o Consórcio Nordeste se reuniu com representantes da Rússia. BNews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo