BrasilGeral

Vacina da Janssen pode acelerar imunização no país

O farmacêutico e ex-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) Dirceu Barbano afirmou nesta quarta-feira (31), que a autorização para uso emergencial da vacina da Janssen pode acelerar a imunização no Brasil por ter aplicação em dose única.

“O problema da necessidade de duas doses é que se tem, na primeira dose, estímulo do sistema imunológico e um determinado nível de imunização.

A segunda é um reforço, que estimula novamente o sistema imunológico para chegar àquele grau de imunidade desejado”, explicou. “No caso das vacinas com uma dose só, o estímulo necessário já acontece para que tenhamos a resposta desejada.”

Barbano apontou que a aplicação de uma única dose gera ganho de tempo, já que as pessoas ficam totalmente imunizadas de forma mais rápida, além de agilizar na logística de entrega das vacinas.

A Anvisa liberou nesta quarta-feira (31) o uso emergencial da vacina da Janssen, braço farmacêutico da Johnson & Johnson, contra o novo coronavírus.

A Janssen havia solicitado o uso emergencial de seu imunizante contra a Covid-19 no Brasil na quarta-feira (24). Com a decisão da agência, a vacina pode agora ser aplicada na população brasileira.

A entrega de 38 milhões de doses do imunizante, que faz parte do Plano Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde, deve começar em julho – até setembro, devem ser entregues 16,9 milhões de doses; depois, de outubro a dezembro, são esperadas mais 21,1 milhões de doses.

CNN Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo