Slide

TSE determina mudança de todos os mesários do país após suspeita de fraude nas urnas

O TSE pediu à PF e Procuradoria investigação sobre falha em 40 mil votos nas eleições de 2014.

URNA - CONFIRMAApós um cruzamento de dados preparatório para as eleições o TSE – Tribunal Superior Eleitoral encontrou uma falha em cerca de 40 mil votos nas eleições de 2014, após suspeitas de fraude o presidente do TSE determinou a troca de todos os mesários do país para as eleições de 2016.

De acordo com o Estadão, os casos envolvem, por exemplo, indícios de fraude como frequência em uma mesma urna de registro de voto associado a eleitores que justificaram ausência nas eleições passadas. O maior índice de falha foi registrado em urnas da Bahia e do Maranhão.

A Procuradoria Geral da Republica e a Polícia Federal irão investigar o caso e provar se a falha foi erro humano ou fraude, em caso de confirmação os responsáveis podem ser indiciados falsidade ideológica eleitoral, a prevista para o crime é de 2 a 6 anos de prisão.

O ministro Gilmar Medes ainda determinou que os municípios onde tiveram maior incidência devem acelerar o cadastramento biométrico. 

Veja mais

Pedido de investigação de Aécio Neves por fraude em Furnas está no gabinete de Janot

Hacker de 19 anos revela como fraudou urnas eletrônicas e eleição

Marcos Mendes indica ‘possível fraude’ no processo eleitoral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo