Cidades

Três pessoas são indiciadas por vazamento de imagens do corpo de Cristiano Araújo

CRISTIANO ARAUJO E ALANAFoi concluído, pela Polícia Civil de Goiás, nesta quarta-feira (1), o inquérito sobre o vazamento dos vídeos do corpo do cantor Cristiano Araújo sendo preparado para o velório. Foram indiciados os técnicos em tanatopraxia Márcia Valéria dos Santos e Marco Antônio Ramos e o estudante Leandro Almeida Martins, que recebeu a gravação e a compartilhou.

Os três responderão por crime de vilipêndio de cadáver, quando se desrespeita o corpo, e podem ter pena de um a três anos de prisão. Leandro, em seu depoimento, afirmou à polícia que “não sabia o que passou pela cabeça” quando repassou as imagens a duas tias.

As mulheres também foram ouvidas pelo delegado Eli José de Oliveira e garantiram ter apagado o vídeo por não terem gostado do conteúdo. As duas não foram, a princípio, indiciadas, mas, se a perícia confirmar que elas repassaram as imagens adiante, elas também podem ser indiciadas pelo mesmo crime.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo