CotidianoTecnologia

Top 4 formas de acessar qualquer site bloqueado de graça

Para acessar qualquer site bloqueado existem diversas soluções. Conheça o Top 4 formas de fazer esse acesso e, o melhor, gratuitamente!

Quem nunca tentou acessar uma página online e descobriu que não pode ver o conteúdo? Saiba que existem formas de acessar qualquer site bloqueado, de graça.

Para conseguir desbloquear os sites, você pode utilizar diferentes ferramentas. Entretanto, nem todas funcionam sempre de maneira adequada.

Para que você não perca tempo buscando soluções, este artigo apresenta as Top 4 formas de acessar qualquer site bloqueado. E o melhor: métodos gratuitos.

Assim, você tem mais liberdade de navegação, sem pesar no bolso.

Mas por que sites ficam bloqueados?

Nem todo site que existe na internet está disponível para todas as pessoas. Esse bloqueio acontece por diferentes motivos, mas existem três razões bem comuns.

O primeiro motivo do bloqueio de conteúdo tem a ver com a localização geográfica. Sites como a Netflix, por exemplo, possuem contratos de exibição de filmes e séries com cada país, que nem sempre se aplicam a outras nações.

Além disso, sites de compras que não entregam em uma região não vão querer aparecer para os usuários do local, já que seria uma “venda perdida”.

O segundo motivo do bloqueio diz respeito à censura. Alguns países utilizam configurações que impedem os moradores de acessarem determinadas plataformas.

Por fim, um site pode ser bloqueado por restrições da rede em si, algo comum em ambientes corporativos ou escolares, que utilizam filtros de proibições.

A boa notícia é que existem formas de acessar qualquer site bloqueado, de graça. Confira o Top 4!

1. Com serviço VPN

Imagem: Freepik (CyberGhost)

Para começar a lista de Top 4 formas de acessar qualquer site bloqueado, temos o serviço VPN.

VPN é um serviço que direciona o tráfego da internet em um servidor remoto, fazendo com que você consiga escolher o local virtual de acesso.

Dessa forma, se você quiser abrir uma página da Polônia, por exemplo, pode configurar o VPN para utilizar um servidor do país em questão.

De forma geral, VPN é um serviço pago. Mas você pode conferir a VPN rápida grátis para Windows, que dá um período de uso sem nenhum tipo de cobrança.

Como vantagem extra, ao utilizar VPN, você ganha mais velocidade na conexão e obtém camadas de proteção de dados na sua navegação, o que dá mais segurança e impede o roubo de informações

2. Com proxy web

Outra possibilidade presente na lista de Top 4 formas de acessar qualquer site bloqueado é o proxy web.

Esse recurso é ideal para desbloquear sites em computadores públicos que, geralmente, possuem filtros de acesso.

O proxy funciona como uma ponte entre a origem (o computador do usuário) e o destino (a página web). Todos os navegadores contam com uma configuração proxy.

Para desbloquear um site, você precisa se conectar a um servidor proxy e, na sequência, acessar a página. Essa troca de proxys pode funcionar e desbloquear o site.

3. Com o Google Tradutor

Além de ser uma ótima ferramenta para compreender outros idiomas, especialmente com a ferramenta de leitura de imagem, o Google Tradutor pode te ajudar a desbloquear sites.

Para isso, você vai precisar inserir o link do site no campo de tradução. É preciso ainda que você selecione o idioma de origem, que deve ser uma opção com caracteres diferentes dos nossos, como árabe ou japonês.

Certifique-se que o idioma de saída é português e clique para traduzir. O Google vai processar o site e apresentá-lo na tela com o máximo de fidelidade ao original, mas traduzido.

4. Com navegadores específicos

Por fim, a última forma de acessar qualquer site bloqueado de graça é utilizar navegadores que possuem recursos diferentes.

É como se esses navegadores proporcionassem camadas de “disfarce”, fazendo com que os sites não reconheçam a sua localização ou outros filtros.

Entre os navegadores com essa função específica mais populares, temos o Tor e o Opera. Ambos permitem a mudança de local, para acessar qualquer site bloqueado.

Como ponto negativo, esses navegadores nem sempre possuem o serviço de identificação de sites sem certificado SSL, um selo de segurança que evita que os usuários caiam em golpes.

Essa identificação foi anunciada pelo Google Chrome ainda no ano passado, e outros navegadores já estão fazendo adaptações nesse sentido.

As melhores formas de acessar qualquer site bloqueado

Imagem: Freepik

Passar pela situação de tentar acessar uma página e não conseguir, deixa de existir ao utilizar uma das soluções da lista.

Isso abre possibilidades diversas, desde ampliar sua rede de pesquisas até entender o que está acontecendo em outros pontos do mundo ao consumir conteúdos variados.

Na hora de acessar um site bloqueado por aqui, lembre-se de conferir as Top 4 formas de acessar qualquer site bloqueado, de graça, para ter mais liberdade no universo virtual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo