BrasilGeral

Temer: ‘É um equívoco o PT ignorar Dilma, porque ela tem presença nacional’

O ex-presidente Michel Temer (MDB) defendeu a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e classificou como “equívoco” a suposta tentativa do PT de afastá-la das negociações do partido para as eleições de outubro.

“Ela foi presidente da República, ela tem seus adeptos. Acho que ela pode colaborar com a campanha. Vou dar um palpite aqui com muito cuidado, mas acho um equívoco ignorarem, porque ela tem uma presença. É uma presença nacional que pode ser utilizada, não tenho dúvidas disso”, afirmou ao podcast “Descomplica, Kelly”.

Dilma não foi convidada para o jantar entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (sem partido), que deve ser vice na chapa do petista.

Uma ala do PT acredita que o ex-governador paulista não é confiável para ser candidato a vice do líder petista. Esse movimento é liderado pela ex-presidente que já expressou preocupação pelo fato de Alckmin não ter afinidades históricas com o partido.

Estado de Minas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo