CotidianoOpinião

Tarifa de pedágio põe fim ao namoro com Rui Costa por construir a ponte Barra/ Xique Xique

– A relação de amor entre os usuários da ponte, com o governador Rui Costa, acabou, com o anúncio dos valores das tarifas de pedágio –

A ponte que liga os municípios de Barra a Xique-Xique começa a cobrar pedágio nesta quarta-feira, 12. Os serviços de cobrança funcionarão 24h diariamente, pela Concef – Concessinária Estrada do Feijão, acolhida pelo governador para operar os serviços.

A operacionalização das cobranças, marca o fim do namoro entre usuários e o governo estadual. A obra que passou quase um mês sendo elogiada por todos os segmentos sociais usuários, agora vira objetivo de críticas por conta dos valores das tarifas, que custarão entre R$ 8,70 e R$ 17,50 para motociclistas e automóveis, respectivamente, e R$ 35,00 e a 157,50 para veículos comerciais, conforme a quantidade de eixos.

O radialista Eraldo Maciel exaltou: “construída com recursos subsidiados pelo governo, a ponte sobre o Rio São Francisco que liga Xique Xique a Barra do Rio Grande, na Bahia, foi inaugurada com pompa pelo governador petista Rui Costa, que posou de herói.

O que deixou de ser explicado à população é que o aparelho servirá para lucros exorbitantes de uma empresa privada, a @concefsa e que a obra não é pública. A grande verdade é que o processo de privatização da BA-052, a popular ‘Estrada do Feijão’, começou há tempos.

O “presente de grego” que é a ponte agora começa a dar as caras: começa a ser cobrado hoje,  (12), um dos pedágios mais caros do país. Para se ter ideia, a tarifa para travessia da ponte Rio-Niterói, com cerca de 14km de extensão, é de apenas R$ 6,00. Artigo produzido pelo Cultura e Realidade 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo