Cotidiano

Tarde mais fria do ano em São Paulo mata morador de rua

Esta é a segunda morte registrada na capital paulista por suspeita de hipotermia.

Foto: reprodução Record Tv

Um morador de rua da Grande São Paulo não resistiu ao frio da tarde desta terça-feira (18) e faleceu, segundo informações, o homem aparentava ter em média 45 anos e foi encontrado morto por volta das 16h30, na avenida Doutor Arnaldo, no bairro de Pinheiro, somente enrolado em um cobertor fino.

Apensar da suspeita da morte por hipotermia, somente o laudo técnico confirmará a hipótese. O óbito foi contatado por uma equipe do SAMU.

Em nota, a prefeitura de São Paulo “lamenta o falecimento de um morador em situação de rua na capital” e “aguarda laudo técnico do Instituto Médico Legal (IML), que atestará a causa da morte”.

O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico legal Central, o caso é acompanhado pelo 23º Distrito Policial de Perdizes.

Na nota ao R7 a prefeitura diz ainda que “durante a época de baixas temperaturas, estará em operação o PEI (Programa Emergencial de Inverno), com atuação de equipes das secretarias de Assistência e Desenvolvimento Social, Segurança Urbana, Direitos Humanos e Cidadania, além da COMDEC (Coordenadoria Municipal da Defesa Civil)”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo