Bahia

Suspeito de participação na morte de PM, morre em confronto no norte da Bahia

Um suspeito de participação na morte do soldado Alexandre Menezes, policial lotado na 3ª Companhia Independente da Polícia Militar, crime ocorrido no último dia 7, no bairro de Águas Claras, foi morto após trocar tiros com policiais na região norte do estado, na tarde desta terça-feira (17), durante uma ação conjunta das Polícias Militar da Bahia e de Pernambuco, e das Polícias Federal e Rodoviária Federal. Com ele foi encontrado e apreendido um fuzil calibre 5.56.

Segundo Informações os agentes foram informados que parte do grupo fugiu para a região norte após a morte do policial. Com base nas informações de inteligência, equipes do Batalhão de Operações Policiais Militares (BOPE), da Companhia Independente de Policiamento Especializado Caatinga (Cipe/Caatinga), do Batalhão de Choque, através do Patrulhamento Tático Móvel (Patamo), e da 3ª CIPM (Cajazeiras) montaram pontos de abordagem na região de divisa entre a Bahia e Pernambuco, com o auxílio de policiais do estado vizinho.

Segundo o comandante do Batalhão de Choque, tenente coronel Wildon Reis, um veículo Corolla branco tentou fugir da abordagem e houve perseguição no município baiano de Abaré. 

“O ocupante perdeu o controle do carro e já saiu atirando, dando início ao confronto com os policiais”, afirmou o oficial. Ele foi atingido, socorrido, mas não resistiu.

Identificado como o líder do tráfico de drogas do bairro de Águas Claras, o homem que foi identificado como Uellington Santos de Jesus, portava um fuzil 5.56, além de 310 pedras de crack, 59 pinos de cocaína e um caderno com anotações da venda de drogas. 

O armamento será enviado para o Departamento de Polícia Técnica, que vai avaliar as características e se foi o mesmo utilizado contra o soldado Menezes. G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo