Bahia

Suspeito de matar seis pessoas durante chacina em Lençóis é preso em Salvador

O traficante Tiago Silva de Jesus, conhecido como Gordo ou Monstro, 20 anos, suspeito da morte de seis moradores do Território Quilombola de Iúna, uma área remanescente de quilombo na zona rural de Lençóis, na Chapada Diamantina, foi preso na Alameda Antunes, no bairro da Barra, em Salvador, nesta quarta-feira (25), em posse de drogas.

Monstro estava com R$ 1 mil em espécie e cinco porções de cocaína, quando foi abordado por uma guarnição da Polícia Militar. Ele foi encaminhado para a 14ª Delegacia (Barra), onde foi identificado como foragido.

Na unidade, os policiais verificaram que Tiago já tinha um mandado de prisão em aberto por participação na chacina, que ocorreu no início do mês passado. “Ele é novo e perigoso”, afirmou a delegada Carmen Dolores Bittencourt.

Ainda segundo a delegada, o suspeito é braço direito do traficante Leonardo da Silva Moraes, conhecido como Léo Careca, que atua na região de Lençóis. Tiago chegou a Salvador há cerca de quatro meses.De acordo com ela, a chacina foi motivada pela disputa do controle da venda de entorpecentes na região de Lençóis. O traficante cometeu o crime com mais três pessoas, que já estão detidas. O único foragido é Alef da Silva Alves, responsável por levar os acusados ao local do crime e dar fuga ao grupo.

*Correio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo