Cidades

Suspeito de invadir lotérica, deixa celular no local do crime e é preso

Um homem ainda não identificado foi preso neste sábado (16) suspeito de invadir e furtar uma casa lotérica na cidade de Ilha Grande, a 326 km de Teresina.

Segundo o major Antônio Pacífico, comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar de Parnaíba, a prisão foi facilitada porque ele deixou o próprio celular na cena do crime. A Polícia Federal vai investigar o caso.

“Ele deixou o celular que tinha foto dele e conseguimos identificar. Ele está custodiado pela polícia militar. Tem outro já identificado, mas ainda não foi preso”, informou o comandante.

Segundo ele, os dois suspeitos invadiram a lotérica entrando primeiro em um posto de atendimento da Agespisa, que fica ao lado da lotérica. Eles quebraram o muro e entraram pelo buraco.

Lá, segundo a polícia, eles pegaram um cofre e outros objetos, abandonando o cofre em seguida, depois de tirar todo o dinheiro. “O cofre foi achado já arrombado, sem valores dentro e não sabemos qual a quantia que foi levada”, relatou.

As investigações passarão agora para a Polícia Federal e a PM continua em busca do outro suspeito do crime.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo