Cidades

Suposta carta psicografada por Cássia Eller é divulgada nas redes sociais; leia

CASSIA ELLERUma carta que circula na internet chocou os fãs de Cássia Éller nas redes sociais. O texto eria uma psicografia de um médium e citado pela cantora, que morreu no dia 29 de dezembro de 2001, aos 39 anos, depois de sofrer quatro paradas cardíacas. “Se eu disser para vocês que o inferno existe, acreditem, pois eu estava mergulhada nele, de corpo e alma, num espaço sombrio e frio, bem interno do ser, dos pés à cabeça, sem tempo, sem luz, nem descanso e afogava-me, a cada segundo, num oceano de matéria viscosa que roubava até minha ilusória alegria”, começa o texto.

A carta teria sido recebida, segundo o jornal Extra, na noite de 7 de maio, durante uma reunião de dependência química. “Não é a primeira desse tipo que recebemos. Já recebemos do Chorão, do Cazuza… é verdadeira. O que não é de nosso costume é a divulgação dessas psicografias, é um assunto interno da casa, não deveria ter vazado”, disse o presidente do Lar de Frei Luiz, centro espírita do Rio de Janeiro. No texto, o suposto espírito relata o período em que passou pelo umbral, lujgar de expiação para o espírito em regeneração, de acordo com a doutrina espírita. “Perguntava-me porque ali estava se nada fizera por merecer tão infeliz destino, depois de ser expulsa do corpo de carne através do uso maciço de drogas.

A dúvida assaltava-me os raros momentos de raciocínio menos desequilibrado e as crises de abstinência trancavam todas as portas que dariam acesso à saída daquele campo de penitência de espíritos rebeldes e viciados como eu”, diz o texto. Cássia revela, ainda, que encontrou Cazuza ao encontrar a paz e diz que o seu espírito foi reconduzido para um tipo de hospital, onde se recupera de “traumas e cicatrizes” que criou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo