Saúde

Sua criança está com a Doença Mão-Pé-Boca?

Farmacêutica e Profa. Dra. Narlize Silva Lira Cavalcante, do curso de Farmácia do Unipê, aponta as principais recomendações e cuidados

É sabido que no verão as crianças podem desenvolver e se contaminar com a Doença Mão-Pé-Boca (DMPB). Entre outros sintomas e sinais, a doença pode deixar as crianças com lesões nas mãos e nos pés, além de aftas (estomatites aftosas), todas dolorosas para elas. Por isso, a farmacêutica e Profa. Dra. Narlize Silva Lira Cavalcante, do curso de Farmácia do Unipê, dá recomendações caso a sua criança seja diagnosticada com a DMPB. Confira:

– Bebidas geladas, como sucos naturais, chás e água, são indispensáveis para manter a boa hidratação do organismo, uma vez que podem ser ingeridos em pequenos goles;

– Crianças devem ficar em casa, em repouso, enquanto durar a infecção;

– Lembre-se sempre de lavar as mãos antes e depois de lidar com a criança doente, ou levá-la ao banheiro. Se ela puder fazer isso sozinha, insista para que adquira e mantenha esse hábito de higiene mesmo depois de curada.

A especialista ainda responde questões frequentes dos responsáveis das crianças. Leia:

  1. Meu filho está com dificuldade para comer por conta das aftas e dor de garganta. Quais alimentos são mais indicados?

Opte por alimentos pastosos, como purês e mingaus, assim como gelatina e sorvete. São mais fáceis de engolir. Evite alimentos ácidos, muito quentes e condimentados.

  1. É possível pegar a DMPB mais de uma vez?

Sim. Apesar de o organismo melhorar a imunidade contra a infecção após o contágio, a doença pode ser causada por diversos tipos de vírus. Dessa forma, é possível se infectar com outra variedade, para a qual o corpo não desenvolveu resistência.

  1. A DMPB pode atingir o corpo todo?

Não, as feridas se concentram na boca, nas mãos e nos pés.

  1. Ela pode evoluir para meningite?

Sim, mas é raro. Quando ocorre, a meningite é do tipo viral, em geral menos grave que as meningites bacterianas.

  1. Essa enfermidade oferece riscos durante a gravidez?

Geralmente, não. Entretanto, é recomendável evitar contato com pessoas que estão com a doença. Embora não seja frequente, febre nos três primeiros meses de gravidez aumenta o risco de abortamento. Quando a doença é contraída próximo do parto, o bebê pode contrair uma versão leve da enfermidade. De qualquer forma, procure sempre seu obstetra caso sinta um dos sintomas.

###

Sobre o Unipê – Fundado em 1971, o Centro Universitário de João Pessoa – Unipê possui conceito 5 pelo MEC, conforme avaliação in loco de recredenciamento presencial e credenciamento EAD, sendo a única instituição privada do estado a conquistar este feito, solidificando-se entre as melhores do país. O Unipê é reconhecido pela sua contribuição para o desenvolvimento da Educação no Brasil e na Paraíba, tendo um forte tripé de ensino, pesquisa e extensão em sua comunidade. A Instituição oferta cursos de graduação, presenciais e a distância, e pós-graduação (lato stricto sensu) em diversas áreas do conhecimento e conta com mais de 15mil alunos. Integra o grupo Cruzeiro do Sul Educacional, um dos mais representativos do País, com mais de 350 mil alunos, que reúne instituições academicamente relevantes e marcas reconhecidas em seus respectivos mercados, como Universidade Cruzeiro do Sul e Universidade Cidade de São Paulo – Unicid (São Paulo/SP), Universidade de Franca – Unifran (Franca/SP), Centro Universitário do Distrito Federal – UDF (Brasília/DF, Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio – Ceunsp (Itu e Salto/SP), Faculdade São Sebastião – FASS (São Sebastião/SP), Centro Universitário Módulo (Caraguatatuba/SP), Centro Universitário Cesuca (Cachoeirinha/RS), Centro Universitário da Serra Gaúcha – FSG (Bento Gonçalves e Caxias do Sul/RS), Centro Universitário de João Pessoa – Unipê (João Pessoa/PB), Centro Universitário Braz Cubas (Mogi das Cruzes/SP) e Universidade Positivo (Curitiba, Londrina e Ponta Grossa /PR), além de colégios de educação básica e ensino técnico. Visite: www.unipe.edu.br e conheça o Nosso Jeito de Ensinar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo