Entretenimento

SP e Rio de Janeiro adiam desfiles de escolas de samba para abril

Os desfiles das escolas de samba de São Paulo e Rio de Janeiro foram adiados. A decisão foi anunciada pelo prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), na noite desta sexta-feira (21) após se reunir  por videoconferência com o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM). O desfile que aconteceria em fevereiro, foi adiado para o feriado prolongado de Tiradentes, que começa em 21 de abril, uma quinta-feira.

Nunes e Paes discutiram o avanço acelerado da variante ômicron do coronavírus nas duas cidades. Também participaram da reunião o secretário de Saúde carioca, Daniel Soranz, o secretário de Saúde paulistano, Edson Aparecido, além dos presidentes das Ligas de Escolas de Samba de ambas as cidades.

Novos protocolos foram criados para a nova data proposta, decididos em duas reuniões entre a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), com a São Paulo Turismo (SP Turis), Secretaria Municipal da Cultura (SMC) e a Secretaria Municipal de Segurança Urbana (SMSU), onde novas exigências foram feitas, veja abaixo: 

  • Exigência do passaporte da vacina 
  • Pré-cadastro de componentes do desfile com o passaporte da vacina 
  • Uso obrigatório de máscara
  • Redução do número de componente por escola
  • Controle de público na concentração e dispersão 

Além disso, o protocolo prevê o adiamento dos desfiles no Anhembi caso a situação epidemiológica da Os integrantes das escolas de samba que irão participar dos desfiles terão que usar máscara, por conta disso, será excluído do julgamento do Carnaval 2022 o quesito “Harmonia”, que avalia se os componentes cantam o samba enredo. Assim, o uso da máscara não irá atrapalhar a competição.

Bnews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo