Cidades

Solla acusa Sérgio Moro de receber supersalário pago ‘indevidamente com dinheiro público’

JORGE SOLLAO deputado federal Jorge Solla (PT-BA) utilizou seu perfil no Facebook para acusar, nesta sexta-feira (21), o juiz Sérgio Moro, responsável pelos julgamentos em primeira instância da Operação Lava Jato, de receber R$ 77 mil, segundo ele, mais que o dobro do salário de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), a instância maior do Judiciário brasileiro.

Veja mais

Juninho Pernambucano é eleito o melhor jogador do século no Campeonato Francês

Mágico é proibido de dar entrevista para não deixar Leonardo mais nervoso; Susanita fica com ciúme

Coreia do Sul responde a ataque e dispara contra Coreia do Norte

De acordo com Solla, os vencimentos seriam resultado de “benefícios e penduricalhos que são pagos indevidamente com dinheiro público”.

O parlamentar ironizou a fama de “paladino da moralidade” imputada a Moro por parte da população brasileira. Nos protestos do último dia 16 de agosto contra a presidente Dilma Rousseff, o magistrado foi astro de verdadeiras campanhas de apoio ao seu trabalho na Lava Jato, quando manifestantes traziam em faixas e cartazes as inscrições

“#SomosTodosMoro”. “Não é irônico que seja este mesmo juiz que diz que passará o “país a limpo”? Então vamos começar a mexer nos supersalários do judiciário, juiz Moro?”, comentou Solla na postagem.

JORGE SOLLA X SERGIO MORO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo