GeralNotícias

Soldado Prisco atrai e afasta oficiais da PM

PRISCO - FORMALO soldado Marco Prisco (PSDB), reconhecida liderança do movimento grevista da Polícia Militar baiana em 2012, foi eleito com mais de 14 mil votos para a Câmara de Salvador. Em 2014, vai disputar uma cadeira entre as 63 do parlamento estadual, contudo, de acordo com o colunista do jornal A Tarde, Levi Vasconcelos, viveu o tucano foi do céu ao inferno em pouco tempo. O jornalista recorda o fato de Prisco ter caído em desgraça com os oficiais em 2001, quando participou daquela greve sendo considerado insubordinado. Em 2012, o efeito foi contrário e conquistou o respeito dos colegas oficiais. No entanto, após as recentes manifestações acusou-os de truculência no tratamento da população, voltando, outra vez, para o inferno.

Este cenário não deve impedir o atual edil de se eleger deputado estadual, ao menos, é o que analisam os articulistas políticos e lideranças partidárias. A tendência é que a tropa mantenha-se ao lado do tucano, embora na Assembleia Legislativa já existam outros quadros com origem na corporação. Coronel Gilberto Santana, Sargento Isidório, Capitão Tadeu, além do delegado Deraldo Damasceno que é ligado à polícia civil. Nenhum deles, atualmente, tem tanto prestígio quanto Prisco, mas a dinâmica pode fazer com que as coisas mudem. Como dado: no último Dois de Julho, o soldado estava acompanhado por alguns associados da Aspra e passou sendo cumprimentado efusivamente por militares que estavam em serviço. (Bocão News)

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar