Bahia

Sobradinho: Justiça proíbe solenidade de lançamento de pedra fundamental de novo hospital

O juiz da 66ª Zona Eleitoral, em Sobradinho, Vanderley Andrade de Lacerda, proibiu na noite desta terça-feira (26) a realização de uma cerimônia, em praça pública, para o lançamento da pedra fundamental do novo hospital do município do Vale do São Francisco, no norte baiano. A nova unidade será construída através de uma parceria entre a Chesf, governo do Estado e a prefeitura municipal. De acordo com o site Geraldo José, o juiz acatou o pedido feito pela coligação “A Verdadeira Vitória do Povo”, liderada pelo candidato Luiz Vicente Berti (PDT), que disputa o pleito com o atual gestor Genilson Silva (PT). O evento, que foi realizado no gabinete do prefeito, a portas fechadas, contou com a presença do presidente da Chesf, João Bosco de Almeida, e do Secretário Estadual de Saúde, Jorge Solla. “Conhecemos nossas limitações em época eleitoral e não iríamos comparecer ao ato de apresentação do projeto à comunidade. O ato administrativo era da Chesf e do Governo do Estado”, disse o alcaide. Já Solla não quis comentar sobre a restrição imposta pela Justiça Eleitoral. O chefe da pasta apenas falou sobre a futuro unidade médica. “A construção do novo hospital de Sobradinho é a continuação dos investimentos na área de atenção básica à saúde, integrando-o ao principal polo de saúde que é Juazeiro”, afirmou. Moradores aguardaram a comotiva no local, onde um palco foi montado, até às 18 horas, quando foram informados da decisão judicial e tiveram que ir embora.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo